Fepam emite licença para projeto pioneiro do Hospital Moinhos de gaseificação de resíduos sólidos




A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu a licença prévia para o projeto de implantação de uma planta piloto de gaseificação de resíduos sólidos no Hospital Moinhos de Vento. O documento atesta a viabilidade do empreendimento que possui tecnologia inédita no Rio Grande do Sul. “Não existe nenhum hospital no Estado que trate o seu próprio resíduo. No RS, atualmente, todos os resíduos hospitalares são destinados para empresas terceirizadas de tratamento”, destaca a a chefe da Divisão de Resíduos Sólidos da Fepam, Daiene Zagonel. De acordo com a licença, o empreendimento ocupará uma área interna do hospital de 73m². O equipamento de gaseificação permitirá reunir, por dia, 240 kg resíduos sólidos, aquecê-los e transformá-los em gás combustível. Poderão ser utilizados resíduos sólidos de serviços de saúde dos grupos A (resíduos que podem apresentar risco de infecção) e D (resíduos que não apresentam risco biológico – semelhante ao resíduo domiciliar), previamente triturados. Todo o vapor gerado será introduzido na rede interna de aquecimento do hospital. Segundo Daiene, a licença atende às normas da Fepam, segue os princípios de reutilização e reciclagem de resíduos, seguindo os padrões técnicos e garantindo a proteção ambiental. O projeto pioneiro será realizado com o apoio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Fonte:http://www.fepam.rs.gov.br/noticias/noticia_detalhe_net.asp?id=14808




Veja também



Atenção para o prazo de preenchimento do SIGECORS
Concessionária Sul Veículos recebe PEV para entrega de resíduos eletrônicos
Por que realizar monitoramento ambiental na sua empresa?
Prazo de entrega do RAFF termina dia 31 de março